Como ter ações
sustentáveis.

Aderir ações sustentáveis na sua empresa é uma escolha voluntária, porém de alta importância.

O modelo triple bottom line, desenvolvido por John Elkington, enfatiza a necessidade de uma gestão para obter resultados econômicos, sociais e ambientais positivos. Ou seja, a conservação de um modelo de desenvolvimento sustentável se dá por 3 pilares.

As dicas de sustentabilidade são baseadas no Certificado IAS (Índice de Ações Sustentáveis) da Openbox.ai. O Certificado visa atestar pequenas e médias empresas que agem de forma sustentável no seu dia a dia. Empresas certificadas têm crédito mais barato com a Openbox.ai. Para entender mais nosso modelo leia o regulamento completo IAS (Índice de Ações Sustentáveis).

Saiba mais
1. Critérios de pré-requisito
Trabalho infantil
  • O trabalho infantil de crianças menores de 16 anos é proscrito pela sua empresa. O aprendizado poderá ser considerado desde que de acordo com a legislação vigente (em locais que não prejudiquem sua formação, seu desenvolvimento físico, psíquico, moral e social e em horário e locais que permitam a frequência à escola)..
Trabalho forçado
  • O trabalho forçado é proscrito pela sua empresa.
Não discriminação
  • A discriminação por sexo e preferência sexual, raça, cor, religião, nacionalidade e posição política é proscrita pela sua empresa (seja na seleção e recrutamento, nas promoções, nos processos de demissão).
2. Critérios Ambientais
Economia de recursos naturais não renováveis
  • Captar águas superficiais e/ou subterrâneas conforme outorga emitida pelo órgão ambiental competente.
Proteção ambiental
  • Proteger perímetros das fontes primárias de água assim como as margens de riachos e rios e/ou essas áreas são e/ou estão sendo reflorestadas com espécies nativas quando tiverem sofrido processos de desmatamento.
  • Implementar um plano de metas de redução ou eliminação do uso de papel branqueado e sua substituição por papel reciclado e/ou não branqueado.
  • Implementar um programa próprio de neutralização de suas emissões de gases de efeito estufa ou participar de programas mantidos por entidades especializadas com essa finalidade.
Boas práticas de produção e comércio
  • No caso de uma empresa agrícola, implementar um plano de conversão da agricultura convencional utilizadora de pesticidas e adubos de síntese química para a agricultura orgânica, na qual o uso desses produtos é proibido.
  • Implementar uma política que visa limitar e substituir o uso de produtos convencionais de limpeza e desinfecção de equipamentos e utensílios e instalações por produtos biodegradáveis, seja na própria empresa seja no domicílio dos trabalhadores da mesma em regime de “trabalho remoto”.
Embalagens
  • Quando possível, utilizar materiais renováveis, passíveis de reciclagem, de valorização energética ou compostagem nas embalagens primárias e secundárias.
  • Sempre que possível, evitar a utilização de embalagens à base de PVC (cloreto de polivinil), poliestireno expandido, e os denominados “plásticos bio fragmentáveis”, seja para acondicionamento de produtos fabricados pela própria empresa, seja na aquisição de brindes e presentes destinados a clientes e funcionários.
  • Nas aplicações sobre rótulos e embalagens, utilizar pigmentos naturais em detrimento de tintas sintéticas e, na impossibilidade, dar preferência a tintas menos tóxicas.
  • Implementar um plano de metas de substituição de embalagens primárias e secundárias por embalagens passíveis de reciclagem, valorização energética ou compostagem. Ex: substituição de sacolas pláticas por sacolas de pano.
Gestão do transporte
  • Utilizar um tipo de transporte de menor impacto ambiental,sempre que disponível, devido ao menor consumo relativo de combustível. Ex: utilizar a modalidade de entregas via bicicletas e incetivar funcionários a fazer o uso de meios de transporte que dimínua o impacto ambiental.
  • Fazer o transporte de produtos potencialmente perigosos para a saúde humana e para o ambiente conforme a legislação vigente, com todos os cuidados para evitar contaminações acidentais.
Gestão de resíduos sólidos
  • Implementar uma política de triagem para separação dos diferentes materiais descartados, seja nos locais da própria empresa seja no ambiente dos trabalhadores da mesma em regime de “trabalho remoto”.
  • Dar a destinação adequada, comprovadamente, aos resíduos sólidos triados. Ex: cooperativas, associações ou empresas recicladoras ou que utilizam os mesmos como fonte de energia, entidades que realizam a compostagem.
  • Implementar um plano de metas de redução do volume de resíduos sólidos, seja nos locais da própria empresa seja nos ambientes dos trabalhadores da mesma em regime de “trabalho remoto”.
Gestão de efluentes
  • Implementar sistemas de tratamento de efluentes adequados à situação local e que atendem a legislação vigente.
Gestão da energia
  • Implementar uma política que visa racionalizar o consumo e evitar desperdícios de enegia, seja nos locais da própria empresa, ou seja com planos de redução da estrutura física empresarial ao se adotar o trabalho remoto.
  • Implementar um plano de metas de redução do consumo de energia e/ou busca de fontes alternativas de energia. Ex: placas ou telhas solares.
Gestão da água
  • Implementar uma gestão da água visando racionalizar o consumo e evitar desperdícios, seja nos locais da própria empresa seja nos ambientes dos trabalhadores em regime de “trabalho remoto.
  • Implementar um plano de reaproveitamento e/ou captação de águas da chuva, quando tecnicamente viável.
3. Critérios Sociais
Geração de postos de trabalho e renda
  • Gerar postos de emprego em localidades atingidas pelo desemprego e com a maioria destinada para a população local atenuando o eventual desemprego que atinge essas pessoas.
  • Aplicar programas de estímulo à recuperação do material reciclável, com sentido de auxiliar as pessoas e comunidades dedicadas a essa tarefa. Ex: instalação de coletores especiais.
Liberdade de associação
  • Respeitar a liberdade de sindicalização para trabalhadores assalariados, assim como a liberdade de associação para trabalhadores autônomos em relação com a sua empresa.
Proteção e desenvolvimento das crianças e dos jovens
  • Realizar ações com o objetivo de apoiar a formação, o lazer e a proteção das crianças e/ou de adolescentes, incluindo programas para jovens aprendizes. Ex: programa “Pescar”.
Não-discriminação e inserção de trabalhadores deficientes físicos
  • Criar postos de trabalho para a inclusão de trabalhadores com necessidades especiais ou fisicamente desfavorecidos, de acordo com a legislação vigente.
Não-discriminação e inserção de mulheres e 60+ no mercado de trabalho
  • Realizar ações para estimular a participação de mulheres trabalhadoras e pessoas consideradas da 'melhor idade' (60+) em cargos de liderança e/ou gestão da sua empresa.
Duração da jornada semanal
  • Respeitar a jornada de trabalho de acordo com a legislação vigente, no caso de trabalhadores assalariados.
Relações de trabalho e/ou de trocas comerciais
  • Ter as relações de trabalho e/ou de trocas comerciais claramente estabelecidas em contratos redigidos em linguagem clara, com objetivos, responsabilidades e compromissos definidos, duração, condições de resilição.
  • Certificar-se de que os preços pagos por matérias primas ou produtos adquiridos de terceiros são iguais ou superiores a média dos preços observados na região para produtos similares.
Remuneração
  • No caso de trabalhadores assalariados, uma política de participação desses trabalhadores nos resultados da empresa é implementada
  • Implementar uma política de participação nos resultados da empresa, no caso de trabalhadores assalariados ou não.
Higiene, segurança e bem estar no trabalho
  • Garantir que os trabalhadores têm acesso a água potável e a instalações sanitárias, em intervalos e tempos adequados.
  • Garantir que as pessoas que manipulam produtos ou equipamentos perigosos são treinadas e utilizam meios de proteção adequados (EPIs).
  • Fornecer uma alimentação que cumpra requisitos básicos de qualidade, higiene e segurança fornecida aos trabalhadores, quando for o caso. Caso não seja fornecida pela empresa, pagar um “vale alimentação” que possibilite uma alimentação saudável do trabalhador.
  • Fornecer um sistema mínimo de prevenção e de segurança que cubra os riscos de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.
  • Garantir a disponibilidade de equipamentos ou posto de primeiros socorros nos locais de produção, e pessoal formado quanto a segurança e primeiros socorros, de acordo com a legislação vigente.
  • Garantir que as jornadas de formação dos trabalhadores são asseguradas pela empresa, visando que os mesmos possam bem desempenhar suas tarefas.
4. Critérios de Solidariedade Econômica
Economia das famílias
  • Apoiar de forma efetiva as iniciativas dos trabalhadores em ações que objetivam incrementar a economia das famílias. Ex: programa educacional extendido aos familiares.
  • Implementar um fundo social mantido por no mínimo 5% do resultado líquido da empresa, com objetivo de melhorar as condições dos trabalhadores e/ou das comunidades envolvidas. E também permitir que os objetivos do fundo e ações sejam decididos tendo em conta também a opinião dos beneficiários.
5. Critérios de Proteção ao Consumidor
Relocalização
  • Fazer uma exportação, quando for o caso, que não fragiliza o atendimento das populações locais.
Boas práticas de produção e comércio
  • Utilizar conservantes naturais nas matérias primas e/ou produtos finais, sempre que disponíveis.
Rotulagem
  • Garantir que a rotulagem compreenda, além das informações exigidas pela legislação vigente, o selo de responsabilidade socioambiental conforme com a carta gráfica fornecida pela Openbox.ai (no caso uma empresa certificada pelo IAS Openbox.ai).
  • Garantir que a colocação do selo sobre o produto ou documentos seja feita sobre produtos e/ou serviços inspecionados e cuja conformidade foi verificada pela Ecocert Brasil (no caso uma empresa certificada pelo IAS Openbox.ai).
Comunicação sobre o sistema produtivo
  • Publicar anualmente um relatório sucinto de suas atividades relacionadas com o cumprimento de compromissos socioambientais.
  • Garantir que, além das menções obrigatórias, a rotulagem dos seus produtos compreende também uma informação relativa a cadeia produtiva e/ou menção direcionando a um website correspondente, onde uma descrição mínima da cadeia produtiva é comunicada ao consumidor.
  • Implementar e manter um programa de visitas para consumidores aos locais de produção, (política de aproximação e transparência produtor / consumidor).
6. Critérios de Comprometimento com a Empresa
Conhecimento e respeito ao referencial
  • Realizar ações para garantir o pleno conhecimento por parte dos empregados e dirigentes da empresa sobre as ações sustentáveis realizadas (ou do referencial IAS Openbox.ai, quando for o caso), expresso em termo de compromisso e respeito ao mesmo.
Gestão da qualidade
  • Implementar os registros necessários de modo assegurar a rastreabilidade dos produtos e/ou serviços da sua empresa.
Melhoria contínua
  • Implementar um plano de melhorias relacionadas as ações sustentáveis já realizadas (ou com os critérios do referencial IAS Openbox.ai, quando for o caso), mediante um calendário de execução de sua própria conveniência.
Simule o nível de sustentabilidade